Amazona & Bike Anja

A BICICLETA NA MINHA VIDA

A minha história com a bicicleta é bem antiga, desde muito criança sempre gostei de pedalar. Quando cheguei na adolescência, deixei um pouco de lado as pedaladas devido aos estudos. Mas depois que formei e comecei a trabalhar, veio aquela velha cobrança de amigos e família de se ter um carro, cheguei até fazer autoescola e tudo, mas morria de preguiça de acordar cedo e ter que dirigir rsrs logo a época de testes expirou e não me interessei mais em voltar as aulas.

Depois disso, me mudei para um bairro novo e distante onde eu tinha que caminhar uns seis quarteirões para ir ao mercado e naquele sol escaldante, né? Bem, pensei, por que não comprar uma bicicleta? E foi aí que reatei de vez a minha relação com ela rsrs e até hoje essa relação de mais de 10 anos vem transformando a minha vida, pois comecei a ver a cidade de maneira diferente, a ser mais crítica, a reivindicar meu espaço nas ruas.

No início era apenas por lazer, pois sempre gostei de sentir essa sensação de liberdade que a bicicleta te dá. Saía sem destino pelo simples prazer de conhecer novos lugares. Nunca havia pensado em utilizar a bicicleta para ir ao trabalho pois na época achava perigoso, ainda mais eu sendo mulher, e também porque nunca via nenhuma se aventurando pelas ruas. Passei um bom tempo utilizando transporte coletivo para ir ao trabalho, e como qualquer outra cidade que se desenvolve, vieram os problemas relacionados a superlotação, demora e sucateamento dos ônibus. Em meio a todo esse caos, um dia resolvi experimentar ir ao trabalho pedalando e descobri na bicicleta um meio de transporte barato, eficiente, sustentável e saudável.

Desde lá ela tem sido minha fiel companheira. Confesso que, há uns anos, era bem difícil pedalar pela cidade pois, além dos assédios verbais, o que era chato pra caramba, o pior para mim era a violência no trânsito, a falta de respeito, muitas vezes precisei subir na calçada para não correr o risco de ser atropelada por excesso de velocidade. Mas essa realidade vem mudando de uns anos pra cá, ainda que lentamente, com o surgimento de pessoas envolvidas em prol da bicicleta.

WhatsApp Image 2017-08-17 at 11.02.25.jpeg

PEDALA MANAUS E BIKE ANJO MANAUS

Durante alguns anos sempre pedalava sozinha, pois ainda não existiam os grupos de pedais que se tem hoje. Em 2014, soube pela internet que um grupo de pedal ia fazer uma ação social para as crianças do Hemoam e foi assim que conheci a galera do Pedala Manaus, essa associação que vem realizando varias ações e projetos, estimulando o uso da bicicleta como esporte lazer e transporte.

Hoje participo como voluntária tanto no Pedala Manaus como no Bike Anjo Manaus, esse último ensinando adultos a realizarem o sonho de aprender a pedalar. Essa atividade é feita todo último domingo do mês e também temos outra atividade chamada Quinta Coletiva para quem já aprendeu a pedalar na EBA ou ainda não se sente segura pedalando sozinha e quer experimentar as ruas de bicicleta a noite de forma segura. Lá damos dicas de comportamento no trânsito, mecânica de bicicleta e rotas seguras. Além de bike anja, sou responsável pelos registros fotográficos.

WhatsApp Image 2017-08-17 at 11.18.58 (1).jpeg

 

Ser bike anja pra mim é muito bom, a experiência de você realizar um sonho e sentir que seu aluno confia em você é algo gratificante. Fico feliz pois a maioria que nos procura para aprender a pedalar é mulher. Sempre converso com elas e conto da minha experiência de pedalar nas ruas e meu amor pela bicicleta. Elas chegam com vontade e a gente vibra com cada conquista delas. Claro que sempre rola uma lágrima de alegria nos depoimentos, nos agradecimentos por ter proporcionado a realização de um sonho, pela paciência dispensada e por acreditar na capacidade de cada aluno. Espero sempre poder continuar nesse projeto lindo e mostrar a essas mulheres, e homens também, o poder de transformação que a bicicleta realiza naqueles que resolvem adotar esse meio de transporte para sua vida!!

WhatsApp Image 2017-08-17 at 11.25.14 (1).jpeg

Marileia Seixas: Professora de escola pública, 38 anos. Faz parte do movimento Pedala Manaus e é Bike Anja.  Utiliza a bicicleta como meio de transporte e é apaixonada por fotografia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s